Navegação

Página Inicial

Do Intelecto à Intuição


Conclusão

"O Espírito interno é a Palavra perdida há tanto tempo,
Suplicada pelo mundo da alma em dor
Através dum mundo de palavras tão vazias e vãs.
Oh, nunca, enquanto a sombra e a luz estiverem misturadas.
Terminará, do mundo, a aflição ou a Busca-da-Palavra,
E nunca serão curadas suas feridas
Até que a Palavra feita carne seja a Palavra tornada alma!"
ARTHUR EDWARD WAITE

Qual é o resultado de todo o nosso esforço? Satisfação pessoal ou um céu feliz de beatitude e descanso sem fim? Deus nos livre, a procura do mundo continua; o grito da humanidade eleva-se das profundezas e montanhas até o próprio trono de Deus. Do coração do Templo de Deus, para o qual forjamos e conquistamos o nosso caminho, voltamos atrás e trabalhamos na terra. Não descansaremos no nosso esforço enquanto o último dos buscadores do mundo tenha encontrado o seu caminho para casa.

O que vai salvar este mundo de sua atual agonia, do desastre econômico e do caos? Quê vai brotar na Nova Era de fraternidade e de vivência grupal? Quem, ou quê, salvará o mundo? Não será a emergência na existência ativa de um grupo de místicos práticos que, ligados entre si por um sentido de unidade divina, trabalharão em moldes práticos na terra? Não se retirarão para mosteiros ou lugares silenciosos do mundo, não importa quão atrativos possam parecer, mas participarão na vida normal do planeta. Serão os executivos das nossas grandes cidades; levarão adiante os nossos programas políticos; conduzirão os jovens ao longo dos caminhos da educação correta; controlarão os nossos clientes econômicos, sociais e nacionais. Farão isto tudo do centro do seu ser e do ponto de vista da alma; conhecerão o segredo da iluminação; saberão como submeter todos os problemas à onisciência da alma; saberão o segredo da vida que faz todos os seres irmãos.

Reconhecerão todos os que encontrarem como Filhos de Deus, mas reconhecerão também os signos do homem iluminado e com ele procurarão trabalhar para o bem do Todo. Encontrar-se-ão telepaticamente e trabalharão, portanto, em estreita cooperação.

Este grupo já existe e os seus membros estão em estreito contato uns com os outros. E ainda que espalhados por todos os países do mundo encontram-se, contudo, diariamente no reino das almas. Falam a mesma língua; têm os mesmos ideais; desconhecem barreiras ou divisões; não têm ódios ou distinções de classe; não erguem barreiras raciais; veem as coisas como elas são: Não são idealistas selvagens, mas concentram-se no próximo passo que a humanidade deve dar e não nos estágios finais do seu próprio desenvolvimento. Trabalham tanto com a sabedoria mundana como com a visão espiritual. Acima de tudo, trabalham juntos e entram em contato uns com os outros através do poder de uma realização unificada.

Este grupo integrador de místicos e conhecedores é a esperança do mundo e constitui o Salvador do Mundo. Estão acima e além de todos os credos e teologias; trabalham em todos os campos da realização humana - o campo científico, o político, o religioso, o educacional, o filosófico... Não estão interessados em terminologias, nem perdem tempo tentando impor aos outros suas teorias prediletas, seus termos peculiares ou sua abordagem particular da verdade. Reconhecem a verdade subjacente a todas as apresentações, e estão somente interessados nos princípios da fraternidade, no realce dos essenciais e em viverem a vida do espírito no mundo do dia a dia.

Conhecem o significado da meditação e estão agora conosco. É nosso o privilégio de juntarmo-nos às suas fileiras, submetendo-nos à técnica da meditação, à disciplina da correta vivência diária e à influência do motivo puro do SERVIÇO.

Início