Que ninguém durma. Permaneçamos em alerta.
Com toda ênfase e garra que Deus tem colocado à nossa disposição.
VENCEREMOS!
Veja o vídeo

Vale de Wesak
Jonas Kaufmann - Turandot, Atto III: "Nessun Dorma"
Il principe ignoto
Nessun dorma! Nessun dorma!
Tu pure, o Principessa,
nella tua fredda stanza
guardi le stelle
che tremano d'amore e di speranza...
Ma il mio mistero è chiuso in me,
il nome mio nessun saprà!
No, no, sulla tua bocca lo dirò,
quando la luce splenderà!
Ed il mio bacio scioglierà il silenzio
che ti fa mia.

Voci di donne
Il nome suo nessun saprà...
E noi dovrem, ahimè, morir, morir!

Il principe ignoto
Dilegua, o notte! Tramontate, stelle!
Tramontate, stelle! All'alba vincerò!
Vincerò! Vincerò!

O Príncipe desconhecido
Que ninguém durma! Que ninguém durma!
Nem mesmo você, oh Princesa,
em seu quarto frio,
observando as estrelas
que tremem com o amor e a esperança...
Mas meu segredo está guardado em mim,
e o meu nome ninguém saberá!
Não, não! Apenas em sua boca eu direi
quando a luz brilhar!
E o meu beijo vai dissolver o silêncio
que te faz minha.

Vozes de mulher
E o nome dele ninguém saberá...
E nós devemos, infelizmente, morrer, morrer!

O Príncipe desconhecido
Desapareça, ó noite! Esvaneçam, estrelas!
Esvaneçam, estrelas! Ao amanhecer, eu vencerei!
Vencerei! Vencerei!

Início